Radio Music Player Free Online

sábado, março 14, 2009



Sugestiva a imagem com este meu poeminha intitulado

SONOS

Deito em qualquer cama
buscando só um bom sono
Simples inércia
para o descanso do corpo
Ou noite de medo
pelo pesadelo sem dono

Alívio na madrugada
dos sonhos de garbo
E no descanso
o braço de ferro é o patrono
A mente pára ou desliza
conforme o fardo

Dormir é fazer caminho
num rumo cigano
Acordar é a vida
que não perdoa retardo
Um último sono não passa
De um ledo engano

Nenhum comentário: