Radio Music Player Free Online

sábado, julho 18, 2009

Chuva

Tal uma chuva ácida
Caíram ao chão
As lágrimas tuas

Via-se a pele flácida
Nas rugas da mão
E nas costas nuas

A dor era merecida
Até a compaixão
Escorregava nas ruas

4 comentários:

Almirante Águia disse...

Poesia intrigante, retrato de um instante, lágrimas sempre cairão... não podemos permitir a compaixão se escoaar.

O NOVO POETA disse...

A dor era merecida
Até a compaixão
Escorregava nas ruas





que poema lindo amigo,um grande abraço e um bom final de semana.

Cármen Neves disse...

Lindos versos! Abraços

celina vasques disse...

Um dos versos mais lindos que já li!
Parabéns Poeta !!!

beijos meus!