Radio Music Player Free Online

quinta-feira, setembro 03, 2009

Literatura

Um texto leve e simples
Tímidos versos humildes
Que não foram à escola

Querem o direito à leitura
Entenda-se que os nicles
Tão imunes aos palpites

São salário da manufatura
Ou míngua pobre da esmola
Na periferia da literatura

Circo das vozes sem timbre
Tablado de versos rebeldes
Onde a fama é só miniatura

7 comentários:

Chá das Cinco disse...

Eu defendo o direito de expressão,mesmo desprovido de argumentos catedráticos.
Poucos no Brasil tem o ensino médio completo,uma mísera fatia possui o terceiro grau, muitos que se formaram perambulam como mendigos.
O Brasil tem sorte, tem um povo pacífico e pacificado,não temos culpa dos nossas governantes não lutarem pela educação.
Graças a Deus o Brasil é formado por grandes artistas,tocam os nossos corações com os seus trabalhos,mexem com a nossa alma mesmo sem ter tido a oportunidade de estudar.
Não é amigo?

Um grande abraço
Gemária sampaio

Úrsula Avner disse...

Olá caro poeta, um encanto de poesia. Obrigada por seu carinho em meu espaço virtual. Um abraço.

celina vasques disse...

Tu que escreves querido poeta vira perfume de jasmin!
Porisso teu espaço é perfumado !
Parabéns pelo grande talento!
beijos meus

Nilza Rouquentin disse...

Já vai longe o tempo em que cultura era exclusividade de pessoas com formação acadêmica, conheço muita gente com nivel superior que deixa muito a desejar nesse aspecto, bem como, pessoas que mal completaram o ensino fundamental e tem uma diversidade cultural espantosa, isso em interior longíquo, fruto dessas bbliotecas alternativas que despertou o culto a leitura.
Nada é mais benéfico , saboroso, salutar e necessário ao homem que alimentar bem o seu intelecto, a digestão é plácida, seu efeito é imediato...um espirito bem nutrido e opulento de comhecimento.

Almirante Águia disse...

"Sem a cultura, e a liberdade relativa que ela pressupõe, a sociedade, por mais perfeita que seja, não passa de uma selva. É por isso que toda a criação autêntica é um dom para o futuro." (Albert Camus)

O NOVO POETA disse...

Circo das vozes sem timbre
Tablado de versos rebeldes
Onde a fama é só miniatura



como é bom ler o que escreve amigo, um forte abraço.

jefhcardoso disse...

Do Poema Literatura, posso dizer que humildade, direito de existir, marginalidade literária, anonimato vitalício, nada, nada disso pode impedir de sermos poesias quando somos.
Abraço agradecido: Jefhcardoso.