domingo, junho 13, 2010

Frio de Inverno
-------------------------

Noites longas e frias
De história aclamada
invadem meus dias
A porta do albergue
Exige ser fechada
Há uma lenha morta
queimando na lareira

-------------------------

E um perfume de fogo
Traz calor enclausurado
O ar gelado lá fora
Vai trilhando suas vias
Como a sombra fugida
Na curva sempre torta
Sendo coada na peneira
--------------------------

Sob o brilho das três Marias
Sopra um vento molhado
É o inverno escuro parindo
suas mudas manias
Moldando nossas vidas
Na restrição de sua porta
Reinando à sua maneira
---------------------------

29 comentários:

Rosan disse...

olá amigo Ivan
o inverno muda nosso jeito que se torna mais fechado, muitas vezes cabeças baixas e olhar distante...
o frio nos molda, nos envolve, nos muda.


beijo

Chica disse...

Muito lindo e deu pra sentir esse frio...abração,chica

Nydia Bonetti disse...

mais um ciclo que se completa, até a próxima primavera... beijo, ivan.

Zélia Guardiano disse...

...noites longas e frias invadem meus dias...
É o que, realmente, tem acontecido
também comigo. Complicação, pois não sou afeita ao inverno: gosto do calor! O frio congela-me e o meu espírito hiberna...
Mas o que interessa, aqui, é a beleza do poema!
Maravilha!!!
Grande abraço, querido amigo Ivancezar

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Esse inverno detalhado é interessante de se ler.

Anotado a dica dos seguidores.

até mais.

Jota Cê

Pérola disse...

Boa noite.
Eu te entendo amado e como entendo.
Comigo ñ tem sido muito diferente,fiquei feliz com sua visita.
Parabéns pela postagem,a foto denota um aconchego gostoso e as palavras uma verdade explícita.
Parabénsssssssss.
Beijokas millllllllllll

Sandra disse...

Vim com o friozinho para aquecer a sua manhã. Ontem postei a letra da música que vc. deixou no blog.
Passe lá e confira.
Veja também que no Sinal de Liberdade tem um selinho te esperando.
Aforo a sua presença.
Seja seguir por lá. Caso já o és agradeço a sua companhia. Um forte abraço, amigo. Seja sempre bem vindo.
Carinhosamente,
sandra

María disse...

Unos versos muy bellos, Ivancezar, gracias por compartirlos.

El invierno es oscuro y muy largo, pero tú transmites con tus versos, el invierno de brillo y de luz.

Muchas gracias por enlazarme, con tu permiso, dejo tu blog enlazado en mi lista de blogs.

Saludos.

María disse...

Hola, de nuevo, Ivancezar:

Esta tarde dejé tu blog enlazado en mi lista de blogs que tengo a la derecha, no sé si te habrás fijado, pero ahora, siguiendo tu recomendación, me acabo de poner como seguidora de tu blog también.

Muchas gracias, Ivancezar.

Saludos cordiales.

La Gata Coqueta disse...

Las noches son frias y largas pero en buena compañía al lado del calor de la chimenea y leyendo tu poesía todo se hace posible para que reine el amor...

Un abrazo de afectos y hasta otro momento tan entrañable como el presente.

María del Carmen

La Gata Coqueta disse...

No son tan prqueñas cosas, son muy grandes porque dificil mente se vuelven a realizar.

Con el mismo motivo cuando termino la segunda hija también hicimos un viaje los tres juntos a Paris quince días, y es algo inolvidable, que al final no se quien se lo pasó nejor, si ella o sus padres, osea nosotros.

Un abrazo

Mari

Sandra disse...

VIM MATAR MINHA SAUDADE E LHE OFERECER SELOS. VOU TE ESPERARPOR LÁ COM MUITO CARINHO..
TE OFERECER SELO PRÊMIO DARDO.
http://sandraandrade7.blogspot.com/
PASSE EM MEUS MIMOS E LEVE ESTE CARINHO.
NO SINAL DE LIBERDADE TBÉM TEM UM TE ESPERANDO. CARINHOSAMENTE,
SANDRA

Amor feito Poesia disse...

Por alguns segundos
Tenho dentro de mim
Momentos imperceptíveis ao tempo,
Mais fugazes que alguns segundos.
Às vezes ...
Sinto-me parte deste presente.
Mesmo vendo o passado
Desbotar diante de meus olhos.


Bruno de Paula

Feliz dia e Beijos meus!! M@ria

IVANCEZAR disse...

Peço desculpas a todos por não ter dedicado mais tempo aos comentários, fruto de muita atividade na rotina de trabalho. Ao menos tento manter os contatos e vou visitando lentamente todos(as) voces . Grato pelos comentários !!

MAR disse...

CALIDO Y SENSUALMENTE BELLO.
Cariños para ti.
mar

Pérola disse...

Verdade amado.
Um beijo grannnnnnnnde.

Sônia Silvino disse...

Boa noite, querido amigo Ivan!
Estou exausta, mas vim ler as novidades.
Obrigada pela visita que me encanta sempre.
Muitas beijoquinhas pra você!!!
Sônia Silvino' Blogs!
Vários temas & um só coração!
"Amigo é coisa pra se guardar...
no lado esquerdo do peito..."
Adivinha onde está você???

Chá das Cinco disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Chá das Cinco disse...

Ivan meu querido,
tuas poesias serão eternizadas.
O que você escreve não está distante do trabalho de autores renomados.

O lugar dos teus escritos é na livraria.
Beijos da amiga
Gemária Sampaio

Sandrio cândido. disse...

ivam,
o inverno é a melhor estação,
mais que isto o inverno como metafora da vida pode significar a ultima fase a transpor, sua neve são nossos cabelos grisalhos depois de ter percorrido tantas estações, o inverno é o fim e por isto muitos o temem.

La Gata Coqueta disse...

Podría
recitarte
una poesía
en unos instantes

Donde
mi corazón
pudiera

Reflejar
sus sentimientos.

Si están danzando
o han sollozado

Si sueñan
despiertos
o viven dormidos...

...pero para no
abrumarte
tan solo te diré...

Que al terminar
la semana
te sentirás afortunad@
por haber permitido
a los tuyos vagar

Ya que a veces
los sentimientos
necesitan
que se les ceda
el beneplácito del sosiego

María del Carmen

Pérola disse...

Obrigado pela visita meu querido.
Um beijo grande.

M@ria disse...

"O difícil não é viver com as pessoas, o difícil é compreendê-las".

José Saramago

Feliz Sábado e beijos meus!! M@ria

Jefferson Dieckmann disse...

Belíssimos, texto e foto! Mostra bem o frio do inverno do Sul do nosso Brasil! Agradeço a tua visita e também te parabenizo pelo blog! Um grande abraço!

IVANCEZAR disse...

Feliz em ver entre os comentários algumas caras novas e outras que andavam ausentes. Grato a todos !

Belkis disse...

Mas que el frío del invierno, duele el frío del alma...
Sentidos versos.
Besitos

Eu Meus Reflexos e Afins disse...

Ivan...
inverno...tempo lindo
sugestivo como seus versos.
Lindo.
Amo poesia sempre.
Passa aqui nese blog tambem,
ja esteve no Reflexo d Alma hj.
Bjins entre sonhos e delírios

Sandrio cândido. disse...

sabe um dia eu queria postar no dialogos poeticos, admiro seus colaboradores.

Sônia Silvino disse...

Boa noite, meu bem!!!
Venho para deixar uma beijoca carinhosa!
*************************************************
E este poema para você!!!

"AMIGOS, ANJOS E FLORES

Assim são os amigos...
Assim são os amores...

De tanto esperar... De tanto vagar... De tanto chorar...

Hoje percebo que sozinha... Já não estou...
E hoje ao despertar nesta linda manhã...
Senti um gostoso aroma de flores...
Senti a presença dos anjos...

Novamente abro minha janela... Da alma e coração...
E por ela vejo meus amigos...
Que mesmo sendo do virtual...
Apoiaram-me nas horas de solidão...

Recebo sorrisos palavras de alento...
E cercada de anjos percebo que...
Sozinha eu nunca estarei...

Hoje mais do que nunca confio...
Na sabedoria extrema do Universo...
Onde anjos de luz me guiam...

Com toda a profundeza e nobreza...
Da dádiva divina que é o amor...

Eu tenho amigos poetas...
Tenho amigos e amigas aqueles das horas incertas em dias de batalhas, "brigas"...
Conto com amigos poetas!...
Eles vêem em tudo amor...
Não me aconselham, escutam são meus amigos...

E ao clamor! Estão comigo e labutam (trabalhar duro e com perseverança)...

Amigos poetas se calam...
Me ensinam com a poesia as palavras as vezes falham...

Harmonizam em melodia Na melodia poética dos versos e dos sentimentos...
Nem tudo segue estética e se refazem nos "lamentos"

Poetas escrevem das dores amores, da lua, do dia...
falam de estrelas, de flores encantam, trazem alegria... "

Desconheço a autoria.

*****************************************************

SÔNIA SILVINO'S BLOGS

VÁRIOS TEMAS & UM SÓ CORAÇÃO

****************************************************