segunda-feira, janeiro 07, 2013

NOITES DE JANEIRO

Claro que para aquelas almas dotadas de sensibilidade mineral, com a pedra impermeável aos fluídos do coração, as noites de janeiro devem passar batidas . Serão iguais a todas as outras, apenas com variáveis apresentações ...da lua e brilhos inconstantes das estrelas.


Para outras almas - e convém dizer que elas existem em abundância - as noites de janeiro serão sempre diferentes, não apenas no amontoado das horas de uma só , mas no conjunto de todas as madrugadas do primeiro mês do ano. São noites inaugurais ...


As noites de janeiro, diferente de todas as demais , descortinam o palco de um ano novo e na renovação que está implícita no presente divino que é mais um período do calendário a servir de cenário para o teatro da vida real . Nele somos todos os seres humanos protagonistas , coadjuvantes e figurantes ao mesmo tempo.


Se o texto só adquire sentido quando abandona o redator aquilo que chamamos de "letra fria" e permitimos que nele se insira o sentimento, então aí os vocábulos incorporam um algo a mais - um valor intangível - e o conjunto inteiro da redação adquire valores, ganha moral , transcende a barreira física do signo inerte ...

É assim que as madrugadas de janeiro devem ser vistas, como as noites que servirão de gestação aos sonhos que haverão de passar pelo milagre da mutação para tornarem-se concretas realizações , e depois - passados onze meses - chegue dezembro, época de balanço e de preparação para novas noites. Noites de janeiro ...

2 comentários:

La Gata Coqueta disse...



Apenas entrada la madrugada me siento llena de júbilo...Júbilo porque quiero confesarle a las colinas del viento cual golondrina viajera sin llegar a despertarlas, la alegría que brota dentro de mí, al añadirle un año más a mi vida.

¿Me acompañas…?

Juntos nos reiremos, mientras compartimos la tarta y brindamos con las burbujas de los sueños para que se lleguen a cumplir los que se han quedado alojados en las agujas del tiempo…

Y cuando la tarde valla apagando el humo de las velas, con la mirada del atardecer te daré el último beso del día.

Gracias por haberme acompañado!!

Atte.
María Del Carmen



La Gata Coqueta disse...




¡Feliz fin de semana!

bajo la incipiente mirada

de la luna enamorada

de los riscos tornasolados de la alborada...

Atte.
María Del Carmen