Radio Music Player Free Online

sexta-feira, outubro 15, 2010


Soneto da Instabilidade

-------------------------------
Ela jamais pretendeu te ferir

Sabia da fria susceptibilidade
Emaranhada em ocultos cachos
De invisíveis uvas agridoces
------------------------------

Ela simplesmente queria rir
Abafar essa tua dura hostilidade
Tão comum aos bichos machos
E todos seus ímpetos precoces
-------------------------------

Ela , deves ver , só sonhou dividir
Pelo imenso parreiral da felicidade
Algumas flores pelos muitos galhos

--------------------------------
Nunca gostou de tanta instabilidade
Pois foi feita mulher e veio para parir
Consagrar amor em meio às foices

15 comentários:

Zélia Guardiano disse...

Ivancezar!
Que bom tê-lo de volta!
E com versos maravilhosos...
Enorme abraço, amigo!

Chica disse...

Lindíssimo,Ivan!Bom te ver novamente!abração,chica

✙Eurice✙ disse...

Que bella comparación con el fruto de la vid.
Hacia tiempo que no pasaba por aquí Ivan
Buen fin de semana.
Saludos!

María disse...

Hola, Ivancezar:

Me alegra volver a leerte en tu blog, y en el mío.

Un bello soneto dedicado a la inestabilidad.

Saludos.

MAR disse...

Consagrar el amor eterno...el amor que nacé de nuestro corazón, de nuestra piel...de nuestro útero ...para perpetuar la vida.
Besos para ti.
Muy bello post.
mar

Pérola disse...

Muito lindo meu querido.
Estava com saudades de ti,obrigado por existir e por suas palavras tão belas.
Um beijo grande e uma tarde linda de domingo.
Beijokas.

nydia bonetti disse...

Somos todos tão instáveis, Ivan. Andamos todos em busca do equilíbrio - e a vida - eterna corda bamba. beijo!

Janita disse...

Ivan, é muito bom ver-te novamente pelo mundo mágico da blogosfera!

Gostei deste soneto alusivo a essa figura feminina que não quer ferir, apenas rir e a quem a instabilidade não agrada. Lindo!

Toda a mulher gosta de se sentir segura e saber que pode confiar...

Beijinho

Janita

María disse...

No tienes nada nuevo pero te dejo mis saludos deseándote un feliz fin de semana.

Saludos.

Dú Karmona disse...

Que lindo amigo! lindo texto!
bj na alma!

jefhcardoso disse...

Ivan, bela composição, bela foto, bom estar aqui novamente. Abraço e tudo de bom!

Jefhcardoso

María disse...

Hola, amigo:

Venía a desearte un feliz día, esperando una nueva publicación.

Saludos.

Amizade disse...

Hola Ivancezar,

Tienes un premio de luz en « Un Faro llamado Amistad. »

Argos * Tétis * Poseidón

Bárbara Cunha disse...

Oi, tô te seguindo !

Dá uma olhada no meu blog:
http://www.afigurinista.blogspot.com/

se gostar, me segue também !

Abraços

Ianê Mello disse...

A instabilidade permeia nosso dias e você bem retratou isso em seus versos.

Saudades, amigo, de suas visitas poéticas.
Apareça.
Grande beijo.