Radio Music Player Free Online

sexta-feira, outubro 25, 2013

Resguardo 

Eu me resguardo

Em casulo invisível

Alternando ruas

Pois é sabido que existem

Nuas vozes no aguardo

No pó do imprevisível

Que habita entre as duas

E por vezes me anulo

Porque medos persistem

E eu me resguardo

Ah, o destino tem as suas ...

Não caminho e nem pulo

Fujo do vento terrível

Em silêncio e atordoado

Volto quieto ao casulo

terça-feira, outubro 15, 2013

A t e u

 Não espere não
Vá embora
Pois você bateu
E  se quer saber
A dor se demora
Perde-se no céu
Da fé do então
Virado em  ateu
Só se tem no agora
O temor de crer
Sem a tênue ilusão
No  vinho do réu
Ou na côr que dora
A casca do pão