Radio Music Player Free Online

terça-feira, julho 26, 2011

Risco de Ler

Risco de ler







Palavras nômades


Escritas no plano


Ou grafadas à pique
----------------------------------------

No vão das paredes


São vidas descritas


O mistério mundano
----------------------------------------

Leia e se arrisque
----------------------------------------

Nos riscos das letras
----------------------------------------

sexta-feira, julho 08, 2011

S U F O C O


Sufoco

As tuas medidas


Com réguas de ar


Estão a apertar




As poucas saídas


E preciso respirar


Tentar recuperar




Duas luas cedidas




Na lonjura do mar

sábado, julho 02, 2011

Sobre o impossível


Sobre o impossível







Para não falar do impossível


É preciso cantar os sonhos


Necessário alimento da alma


Que reduz o valor do difícil


Abrindo portas e caminhos






E o que se pede é bem possível


Desde que impere uma calma


E que somados os empenhos


Resulte um trajeto bem fácil


Para que o percorramos juntos






Então , e só por isso


Por causa disso


Arredando o omisso


É que vos peço:


Que esperem um pouco ...






Acreditem nas linhas do invisível


Onde se oculta o magma


Que queima os credos medonhos


Impondo a estabilidade do nível


Que edifica os novos mundos






Simplesmente porque o impossível


Não existe – é só um nada


E eu vos peço – até vos clamo !


Acreditem nisso e além disso


Invadam o universo do imprevisível